Francisco Afonso Taibner de Morais

n: 6 Setembro 1871, f: 28 Maio 1941

Familia: Joana Sousa Virgolino f: 8 Mar 1941

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Joana da Piedade Taibner de Morais

n: 24 Junho 1814, f: 1895
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Dr. Joaquim Taibner de Morais

n: 10 Agosto 1840, f: 2 Abril 1904

  • Nascimento: 10 Agosto 1840; Marinha Grande, Marinha Grande, Marinha Grande
  • Casamento: 16 Outubro 1869; São José, Lisboa, Lisboa; Principal=Maria da Piedade Afonso
  • Casamento: 22 Outubro 1896; Igreja N S das Mercês, Mercês, Lisboa, Lisboa; (ADLisboa, Lisboa, freguesia das Mercês, liv. 1896, fl. 30); Principal=Guilhermina Emília Afonso
  • Nota: Joaquim Taibner de Morais nasceu a 10 de Agosto de 1840 na Marinha Grande. Bacharel em Direito, Conselheiro e Director Geral das Contribuições Directas, teve vários cargos políticos. Foi nomeado administrador do Concelho de Vila Viçosa (Registo Geral de Mercês, D. Luis I, liv 8, fl. 114v) por carta de 19 de Setembro de 1863. A 3 de Julho de 1865 foi nomeado Secretário do Distrito de Angra do Heroísmo (Registo Geral de Mercês, D. Luis I, liv 49, fl 164) tendo sido governador entre 1865 e 1867, com uma breve interrupção entre Fevereiro e Agosto de 1866. O “Leiriense” de 16 de Novembro de 1867 noticiava a sua nomeação como Secretário-geral do Distrito da Guarda, tendo desempenhado o mesmo cargo em Faro. Por apostila de 8 de Outubro de 1868 foi feita a sua transferência para Secretário-geral do Governo Civil do Distrito do Porto (Registo Geral de Mercês, D. Luis I, liv 51, fl 207).
    Foi presidente da Direcção do Club Portuense entre 1876 a 1877 tendo sido eleita na reunião
    de 29 de Outubro de 1876. Nessa assembleia-geral do Clube foram discutidos previamente assuntos relacionados com o projecto de reforma dos Estatutos.
    Em 22 de Novembro de 1876, o Club Portuense demonstrou solidariedade para com as vítimas das grandes cheias que assolaram o País e, nomeadamente, o Porto. Parecia «de alguma repugnância» que, em circunstâncias de tanta aflição, pudesse o Clube Portuense organizar mais um dos seus tão luzidios bailes. Nesse sentido, o Presidente da Direcção, Taibner de Morais, propôs «que talvez os sócios desta casa em harmonia com as tradições sempre generosas desta sociedade, e tendo em vista as razões expostas, quisessem dar à verba destinada para o baile, ou a uma parte desta verba, algum destino especial e consentâneo com as circunstâncias actuais do país, e que neste sentido punha este assunto em discussão» Consubstanciando esta posição, Fernando Maria de Sá Camelo lembrou que a verba destinada ao baile fosse aplicada no socorro às vítimas das inundações. Contudo, o presidente explicou que só a aplicação dos fundos da Sociedade, extraordinariamente, pertence à Assembleia-geral; tendo-se resolvido não haver baile, pertence a Direcção aplicar rendimentos da Sociedade do modo porque se prescreve nos Estatutos» (Gonçalo Vasconcelos e Sousa, "História do Club Portuense - 1857/2007” e A.C.P., Actas da assembleia-geral, Lº 1, f. 70-71).
    Foi articulista do jornal «O Comércio do Porto» e um grande conhecedor de Direito Administrativo, tendo publicado um trabalho sobre propriedade literária, nesse jornal, em 1890 (CARQUEJA, Bento – O Comércio do Porto: Notas para a sua História. Porto: [s.n.], 1934, pp. 45-46).
    Foi Governador Civil interino do Porto em 1891-92 e era-o quando da revolta republicana de 31 de Janeiro de 1891. Nesse contexto, muito embora a sua acção repressiva tenha sido dúbia, foi agraciado com a Comenda da Torre e Espada (segundo o Distrito de Leiria de 16.5.1891) em 1891. Depois foi Director-Geral das Contribuições Directas (Diário de Leiria de 28 de Novembro de 1896, p2, col 4) e também vogal extraordinário do Supremo Tribunal administrativo.

    De referir ainda que Joaquim Taibner de Morais foi um dos impulsionadores da restauração do concelho da Marinha Grande, em 1892, tendo defendido os interesses da sua terra, nomeadamente aqueles relativos à industria do vidro.
    Faleceu a 2 de Abril de 1904 na Marinha Grande com 63 anos.

    Referências:

    COSTA, Francisco Barbosa da – História do Governo Civil do Porto. [S.l.]: Governo Civil do Distrito do Porto,004, pp. 183-185, 627-629.
    ver em TAIBNER DE MORAIS, Joaquim. in Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira. Lisboa; Rio de Janeiro: Editorial Enciclopédia, [s.d.], vol. 30, p. 552.
    CHARTERS d'AZEVEDO, Ricardo, PORTELA, Ana Margarida e QUEIROZ, Francisco, "Villa Portela - os Charters d'Azevedo em Leiria e as suas relações familiares (séc XIX)", Gradiva, Lisboa, 2007 (pag .70, 71 e 286)
  • Falecimento: 2 Abril 1904; Marinha Grande, Marinha Grande, Marinha Grande
  • Enterro: 3 Abril 1904; Jazigo, Marinha Grande, Marinha Grande, Marinha Grande

Familia: Maria da Piedade Afonso n: 1840, f: 1 Abr 1894

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

João Taibner de Morais

n: 27 Março 1813
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Júlia Augusta Virgolino Taibner de Morais

n: 1900, f: 1988
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Maria da Piedade Virgolino Taibner de Morais

n: 14 Julho 1898, f: 14 Dezembro 1923

Familia: Comendador José dos Santos Barosa Júnior n: 21 Jan 1893, f: 9 Set 1978

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Silvério Taibner de Morais

f: 21 Janeiro 1845

Familia: Inácia de Jesus de Sousa n: 14 Jun 1823, f: 18 Ago 1897

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Silvério Taibner de Morais

n: 17 Agosto 1845, f: 28 Janeiro 1875
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

António Taibner

Familia: Maria Joaquina Miguel

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Maria da Nazaré Taibner

f: 1850

Familia: Joaquim José de Morais

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Silvério Taibner

n: 10 Agosto 1774, f: 19 Julho 1850
  • Nascimento: 10 Agosto 1774; Marinha Grande, Marinha Grande, Marinha Grande; Tenho duvidas no ano de nascimento bde 1744b que apresenta a Revista Universal Lisbonense, de 25 de Julho de 1850. No registo no seu Jazigo no cemitério dos Prazeres aparece a data que adoptamos
  • Nota: 1811; Fábrica da Rua das Gaivotas foi fundada em 1811 por Silvério Taibner, pertencia em 1870 a Tomaz José de Oliveira, que lhe deu grande impulso. Por processos modernos, manufacturava então: vidro liso, lapidado, gravado e moldado; garrafas de todos os géneros, menos pretas; vidros e frascos para drogarias. Tinha um forno circular de cinco potes e uma máquina a vapor de 4 cavalos.

    A fábrica encerrou definitivamente na década de 80 do século XX.
  • Falecimento: 19 Julho 1850; Lisboa, Lisboa
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

José Maria Barbosa Tamagnini de Matos Encarnação Tamagnini

n: 25 Dezembro 1881
  • Casamento: Principal=Alice Ribeiro
  • Nascimento: 25 Dezembro 1881

Familia: Alice Ribeiro

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Maria Teresa Tamagnini1

n: 13 Março 1915

Citações

  1. Website Geneall (http://www.geneall.net).
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Dr. José Maria Tavares Alçada

n: 1831, f: 1 Março 1909
  • Nota: Advogado e proprietário em leiria. Um dos principais membros do partido progressista de Leiria
    Vereador da CML de 1863 a 1867 e de 1872 a 1873. Presidente da autarquia de 1868 a 1870 e de 1898 a 1901. Administrador do concelho em 1870 e depois em 1879
  • Casamento: Principal=Maria Rosa da Cunha Pimentel
  • Nascimento: 1831; Covilhã
  • Falecimento: 1 Março 1909; Leiria, Leiria

Familia: Maria Rosa da Cunha Pimentel n: 1832, f: 8 Abr 1900

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Matilde Tavares Alçada

  • Nota: 1892; Era irmã da Irmandade do glorioso S. Braz da cidade de Leiria constando da lista de 1892
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Carlos Eduardo Tavares de Andrade

Familia: Maria Luísa Theriaga Leitão n: 22 Jan 1887

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Maria Iva Theriaga Leitão Tavares de Andrade

n: 13 Maio 1908, f: 2 Janeiro 2014

Familia: Gen. Humberto da Silva Delgado n: 15 Mai 1906, f: 13 Fev 1965

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Bernardo Tavares

Familia: Rita da Conceição [...]

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Custódio Tavares

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Guilhermina Henriqueta Tavares

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"